Essa dúvida cruel: sou mulher e quero conhecer a Índia

Puxa uma cadeira e senta aqui. Agora um papo de mulher pra mulher – quem tá escrevendo sou eu, a Larissa.  Tenho que ser sincera, no início não foi fácil ser mulher e viajar pela Índia, mas foi melhor do que eu esperava.

Para você que nunca foi à Índia, deixa eu te contar uma coisa: Não acredite somente no que você vê na televisão. As notícias que chegam aqui no Brasil a respeito da Índia são muito superficiais e a maioria negativas sempre relacionadas a estupro e a pobreza. Se você  conversar com outras viajantes e buscar informação de verdade, vai entender um pouco mais e chegar lá não tão assustada e esperando pelo pior. A Índia é um país populoso, ou seja, todos os índices serão altos: abortos, violência contra mulher, estupro, e toda coisa ruim que você pode imaginar, os problemas todos são grandes em números. De acordo com uma pesquisa realizada pelo IWTC (International Women’s Travel Center), que estudou os piores países para mulheres viajarem, a Índia lidera, mas o Brasil vem logo atrás.

Parece mentira mas eu me sentia mais segura em caminhar nas ruas de lá do que aqui. Acho que deve ser pelo fato de que, se tratando de caminhar nas ruas, no Brasil, os problemas são mais intensos sabendo que as chances de você ser assaltada são altíssimas, e  lá o povo é muito tranquilo em relação a isso, ninguém vai enfiar a arma na sua cara por causa do seu telefone.

Bom, eu nunca tive nenhum grande problema quando estive lá, apenas algumas situações que me deixavam desconfortáveis, e que depois de um tempinho eu tirei de letra. Para isso, eu segui algumas regrinhas básicas.

Primeira coisa: Lá você é a estranha, a exótica, a diferente e não eles (apesar de você achar e parecer o contrário).

RESPEITO A base de qualquer coisa. Respeite. Você será a minoria, por mais que muitas coisas não façam sentido, tente não julgar. Você não foi até lá para mudar uma cultura milenar.

ACEITE O OLHAR Eles vão olhar para você. Homens, mulheres e crianças. Muitas vezes até demais, e é um pouco irritante no início, mas é um olhar muito mais de curiosidade do que outra coisa. Tudo em você vai chamar a atenção deles, é normal. Só não deixe isso estragar a sua viagem.

COM QUE ROUPA EU VOU? Vista-se de uma forma modesta e discreta: Camiseta, calça larga. Evite leggings, regatas ou blusinha de alça e, se usar, leve sempre um lenço para cobrir os ombros. Mesmo sob o calor de 42 graus você nunca vai ver uma indiana vestindo shortinho, então não ouse.

Minha dica: Compre um sari. Você vai levar um tempinho até pegar a pratica de como vestir um, mas depois vai se sentir mais em casa e vai fazer muitas amigas indianas. Quando eu usava o meu, elas sempre paravam para elogiar e faziam o sinal de “ok” pra dizer que tava bonito.

16343978_10155847066832516_911842906_n

REPARE Olhe, observe, veja como as mulheres indianas se comportam. Você não precisa agir como elas, mas a partir dessa observação você começa a entender o que pode ou não fazer. Bom senso.

ÓCULOS ESCUROS Parece bobagem, mas funciona. Quando você estiver caminhando pelas ruas, use óculos escuros. Isso vai ajudar a evitar o contato olho a olho quando  estiver caminhando e passar pelos grupos de homens que certamente vão olhar para você.

Todas as vezes que eu senti que os olhares não eram apenas de curiosidade eu sempre perguntava “O que você tá olhando?” eles sempre pediam desculpas e saíam. Não estou dizendo para você chegar lá e enfrentar todo mundo, mas lembre-se que a mulher indiana é muito submissa, os homens não estão acostumados com uma mulher que fale esse tipo de coisa, então se você se sentir desconfortável, é válido falar.

GRITE Se você alguém vier falar e você se sentir ameaçada, grite. Certamente ele sairá correndo ou as pessoas ao redor irão ajudar você.

E se depois de tudo isso, você for até lá e tiver algum problema, saiba que eventualidades podem acontecer, mas não odeie um país por causa de uma situação desagradável. Mas se ainda assim você odiar, tudo bem. Pelo menos você foi, conheceu e tirou suas próprias conclusões. Nada melhor que ir ver e sentir de perto. 🙂

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s