Fevereiro 2019

himalaia ganges templo dourado

• De 25 de fevereiro a 10 de março de 2019 •


Nosso ponto de partida será Delhi, a frenética capital indiana, com suas ruelas cheias de história pra contar e que, entre buzinas, cheiros e bagunça,  esconde o dia a dia de um povo carismático e muito simpático. Na sequência, seguiremos rumo à Amritsar, o berço da religião dos Sikhs e sede do Templo Dourado. Nossa próxima parada será McLeod Ganj, um vilarejo que mais parece um pedacinho do Tibet dentro da Índia, rodeado por tantas montanhas e pelo início da Cordilheira do Himalaia. Seguindo viagem, chegaremos pertinho das águas geladas do rio mais sagrado para os hindus, o Ganges, na cidade de Rishikesh. E claro, como não poderia faltar, teremos aquele momento cara a cara com o mais incrível dos monumentos indianos, o Taj Mahal. 


Nossos grupos são sempre pequenos e esta é uma viagem com apenas 6 vagas. Vamos viajar de mochila e sem frescuras, pegar trens e tuktuks, visitar templos e bazares, nos hospedar em hotéis familiares (limpos, confortáveis e bem localizados)experimentar a gastronomia da região e – o mais importante – com muito contato com a cultura localSe este é o tipo de viagem que você está buscando, você encontrou as pessoas certas. 😉


mapa roteiro outubro 2018 norte
14 dias de viagem, passando por Nova Delhi, Amritsar, McLeod Ganj, Rishikesh e Agra.

Para onde vamos?

Nova Delhi
A capital da Índia é um lugar de fortes contrastes. Os becos apertados da parte antiga da cidade ficam tão pertinho das largas avenidas construídas pelo Império Britânico que pode até impressionar os recém chegados. É verdade que tem muita buzina, muito trânsito e muita muvuca, mas também tem muita história e muita riqueza cultural para ser descoberta.

 

Amritsar
Situada no estado de Punjab, a cidade berço da religião Sikh, é onde vamos passar os dias com devotos no Templo Dourado, lindo por fora e mais ainda por dentro. Da sua cozinha saem mais de 50 mil refeições por dia, servidas gratuitamente para todos, independente do credo, raça ou nacionalidade. No templo também teremos a oportunidade de voluntariar e conhecer um pouco mais sobre esta religião tão peculiar.

 

McLeod Ganj
Como um pedacinho do Tibet dentro da Índia, é onde o Dalai Lama e muitos tibetanos estão exilados desde 1959. McLeod tem uma atmosfera completamente diferente das outras cidades, com mais budistas do que hindus ou muçulmanos. Serão 4 dias para vivenciar o que esse lugar tem de melhor: gastronomia, templos, trekking nos Himalaias*, silêncio e uma vista de tirar o fôlego. 

*Vamos fazer o trekking Triund Hill (2975m), com duração de 2 dias.  Se as condições climáticas permitirem, seguiremos até o Snow Line (3350m), para uma vista ainda mais incrível dos Himalaias. Vamos acampar e acordar em um cenário com vista para as montanhas.

Rishikesh
A autoproclamada Capital Mundial do Yoga ficou de fato famosa depois que os Beatles – no final dos anos 60 – se hospedaram num ashram e de lá escreveram grande parte do Álbum Branco. Cidade é cheia de sadhus, peregrinos, turistas e vacas. Muitas vacas. Não faltam opções para meditação, tratamentos ayurvedas, rafting, aulas de yoga, música e culinária.

Agra
Todo esplendor da maior de todas as atrações da Índia: o Taj Mahal, este incrível mausoléu de mármore branco foi construído pelo imperador Shan Jahan para sua terceira esposa, Mumtaz Mahal, que morreu ao dar a luz para seu 14º filho. Como não há palavras para descrever tanta beleza, vamos até lá para ver bem de perto.


Como estará a temperatura em março?

climate chart holi lari mar19

fonte WorldWeatherOnline

As monções acabaram e as chances de chover são mínimas, mas o calor e o clima úmido ainda continuam. Como teremos rastros do verão indiano, não esqueça de trazer roupas leves e aquele protetor solar amigo. Esta vai ser uma viagem de extremos, portanto traga um casaco quentinho (você vai precisar dele para o trekking até Triund/ Snow Line) e um bom par de tênis confortáveis e impermeáveis.

*   *   *


Valores

Roteiro de 14 dias/13 noites

US$ 1.790,00/pessoa

(valor promocional para inscritos até 31/09/2018)

US$ 1.890,00/pessoa

(para inscritos a partir de 1/10/2018)


Obs: Esta viagem possui um voo doméstico entre Dharamshala e Dehradum. Faremos o possível para manter o custo acima, mas caso o valor da passagem aérea oscile, o preço do pacote poderá ser reajustado. O quanto antes você se inscrever, maiores as chances de economizar umas rúpias.


Forma de pagamento

Depósito bancário de 500 USD (convertido ao câmbio do dólar turismo no dia) e o restante na chegada em Nova Delhi, em dólares.


Sobre acomodação em quarto single (voluntária)

Caso prefira ficar em um quarto só para você, haverá um adicional de USD 650,00 no valor, a ser pago na chegada, em Nova Delhi. Consulte previamente sobre esta possibilidade, ok?

Sobre acomodação em quarto single (involuntária)

Organizamos a viagem para acomodar sempre duas pessoas em cada quarto, homens com homens, mulheres com mulheres. No caso excepcional de número ímpar de inscritos (homem ou mulher), o último que se juntar ao grupo ficará em quarto privado e haverá um adicional de USD 300,00 no valor, a ser pago na chegada, em Nova Delhi.

O que está incluso:

  • Todos os deslocamentos terrestres (incluindo pickup no aeroporto);
  • Deslocamento em van no trecho Amritsar e McLeod Ganj
  • Um voo doméstico entre Dharamshala e Dehradun (15kg de bagagem despachada);
  • Um trem noturno entre Nova Delhi e Amritsar, na categoria 3AC Tier;
  • Hotéis em quartos duplos, com AC e banheiro privativo; 
  • Entradas nas atrações, quando mencionadas nos roteiros (exceto taxa de fotografia/filmagem);
  • Acompanhamento em português nos passeios e traslados mencionados.

Uma ajudinha no pré-viagem também está inclusa:

  • Dicas na compra das passagens aéreas;
  • Orientação sobre vistos, planos de saúde e vacinas (certificado internacional de febre amarela é obrigatório e deve ser obtido no máximo 10 dias antes da partida. É válido por 10 anos e emitido gratuitamente pela Anvisa);
  • Dicas de livros, filmes e músicas pra já ir entrando no clima;
  • Sugestões de como arrumar a mochila. Viajar leve é o segredo do sucesso e muita coisa é melhor deixar pra comprar na Índia.

Praticidade é tudo.

Se você preferir, podemos indicar agências de viagens parceiras para emissão dos bilhetes aéreos. Também podemos passar orientações sobre como esticar a viagem por mais alguns dias na Índia ou até mesmo nos países vizinhos. 


O que não está incluso:

  • Passagens aéreas do Brasil até a Índia;
  • Taxas de embarque;
  • Despesas com documentação (passaporte e visto);
  • Seguro Viagem e vacinas (contra Febre Amarela é obrigatória);
  • Refeições não mencionadas e bebidas;
  • Taxas de foto/filmagem nas atrações que demandarem;
  • Gorjetas a motoristas e guias;
  • Early check-in no primeiro dia ou Late check-out no último dia;
  • Qualquer outro item não mencionado como incluído.

(Lembramos que toda documentação, passagens, vistos e vacinas são de responsabilidade do contratante)


Gostou da nossa proposta? Vamos conversar!

Queremos trazer gente legal, gente que goste de viajar de mochila, em um grupo pequeno e sem frescuras. Pessoas com a cabeça e coração abertos para novas culturas. Se você tem esse perfil, será muito bem-vindo. E se ficou com alguma dúvida, mande uma mensagem pra gente e vamos nos conhecer melhor.


Perguntas Frequentes

Vou sozinha/sozinho. Preciso pagar a taxa extra para quarto single?
Não, essa taxa é só caso você prefira ter mais privacidade e queira ficar em um quarto sozinho. Se você não se importar em dividir quarto e fazer uma nova amizade, a gente monta os quartos duplos sempre homem dividindo quarto com outro homem e mulher com mulher. 🙂

Para fazer essa viagem eu preciso de visto?
Sim, você vai precisar solicitar o visto. O processo é simples, você só precisa entrar no site, preencher o formulário, fazer o pagamento e aguardar alguns dias. Depois é só imprimir e levar junto com o passaporte para apresentar na imigração em Delhi, onde farão sua coleta biométrica.

Nunca fiz nenhum trekking. Essa viagem é para mim?
Esse é um trekking de nível médio, mas não exige nenhum preparo físico específico. Na ida, serão em média 7h de caminhada ao longo do dia, com paradas para descanso e para almoço e por fim chegaremos no acampamento para dormir. O retorno no dia seguinte leva em média 6h. A incrível vista vai compensar o cansaço. 🙂

Qual tipo de roupa devo levar?
Nessa viagem vamos ter frio e calor. Leve jaqueta, roupas quentes e tênis impermeável para o trekking. Só pelo fato de ser estrangeiro você já vai chamar bastante a atenção, então como também vamos ter temperaturas mais altas em algumas cidades, para mulheres sugerimos levar roupas discretas, calças largas, saias abaixo do joelho e camisetas ao invés de regatas (se ainda assim preferir regatas, leve lenço para cobrir os ombros); para homens, calça confortável e camiseta, (alguns templos não é permitido entrar de bermuda, sempre avisaremos antes dos passeios).

Quanto devo levar de dinheiro?
Aconselhamos trazer uma média de USD 30 por dia para alimentação. Vale trazer alguns dólares a mais para quem quiser fazer umas comprinhas, massagens ou cursos por lá.

Como são os hotéis que vamos nos hospedar?
Fugimos das grandes redes hoteleiras e escolhemos hotéis que são administrados por famílias que tenham a “cara da índia”, justamente para contribuir com a economia local. Buscamos hotéis com personalidade, simples, confortáveis e sempre bem localizados.

E qual classe de trem vamos viajar?
Durante os deslocamentos diurnos optamos pela Sleeper Class e nos deslocamentos noturnos AC/3 ou AC/2, dependendo da disponibilidade.

Preciso leve papel higiênico?
Não, você não está indo para lua. 🙂 É facinho de encontrar papel higiênico para vender e todos os hotéis disponibilizam.


Política de cancelamento

Até 7 dias após o pagamento:
devolução do valor integral pago pelo sinal.

Até 30 dias antes da partida:
50% de multa sobre o valor pago pelo sinal.

Não haverá reembolso após 30 dias antes da partida.


Gostou da ideia? Entre em contato com a gente.